Cárie dental: melhor prevenir do que remediar

Um dos problemas bucais mais comuns, a cárie é causada pela junção das bactérias com restos de comida na boca. Saiba como tratar e prevenir!

A cárie dental é um dos problemas mais recorrentes que comprometem a saúde bucal da população brasileira. Tudo começa a partir de uma placa bacteriana que se instala na arcada dentária e se alimenta dos restos de comida que ficam na boca.

A principal causa para o surgimento das cáries continua sendo a falta de higiene bucal, principalmente, se associada ao consumo de alimentos ricos em açúcar. Isso não significa a necessidade de eliminar doces e biscoitos do cardápio, mas representa o dever de escovar bem os dentes.

Ao menos, duas vezes ao dia. É esse o número de vezes que os especialistas recomendam para a escovação bucal. É claro que, se escovados meia hora após cada refeição – incluindo café da manhã, almoço, lanche e jantar – os dentes terão a proteção ainda mais garantida contra as bactérias.

Sinais e sintomas da cárie

O principal sinal de que algo não vai bem na boca é a dor de dente. A corrosão provocada pelas bactérias causa dor e sensibilidade na região afetada. O incômodo ainda pode variar ao se comer algo quente ou frio; e a sensibilidade pode também afetar a gengiva causando uma espécie de inflamação.

A dor de dente também pode estar associada a outros problemas bucais a nível ósseo, e ser apenas um reflexo de uma questão mais grave. Por isso, um especialista recomendado e capacitado pode fornecer um diagnóstico preciso e o melhor tratamento para cada caso.

Como prevenir?

É melhor prevenir do que remediar. Com certeza você já ouviu essa frase alguma vez na vida. No caso das cáries, é um fato: melhor do que ser submetido a um tratamento é cuidar dos dentes de forma preventiva.

Escolha por cremes dentais que contenham flúor ao escovar os dentes. Ele ajuda a higienizar a boca e mantê-la protegida. O fio dental também é importante ao retirar restos de comida em frestas que a escova não alcança.

Beber água também é um fato que aumenta a produção de saliva. Esta, por sua vez, ajuda a proteger o ambiente da boca contra bactérias.

Alimentos que protegem contra a cárie

Muitas vezes, quem está sofrendo com dor de dente sente dificuldade em mastigar. Apesar da eventual sensibilidade a pratos frios ou quentes, existem alguns alimentos que são importantes para ajudar a controlar a proliferação das bactérias na boca.

O consumo de açúcar deve ser mensurado. Não cabe o exagero. Em vez de um chocolate, escolha uma maçã depois da refeição. A fruta, além de rica em água, ajuda a limpar a boca dos restos de comida. Uma fatia queijo amarelo, como o cheddar, também é importante para equilibrar o pH da boca.

Os alimentos fibrosos também ajudam a controlar o pH da boca, evitando que os ácidos produzidos pelas bactérias afetem os dentes. Salsão, cenoura e pepino são boas opções para uma salada, por exemplo. Fontes de proteína como atum, ovo e queijo também constam como boas opções.

Estabeleça uma dieta balanceada para ajudar a manter sua saúde bucal! E lembre-se: consulte um especialista a cada 6 meses para ajudar a monitorar sua saúde bucal e reparar o sorriso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *